Who am I??????

Minha foto
CURITIBA
Professor de Filosofia (Bacharel e Licenciado UFSC). Pós graduado em Metodologia do Ensino Interdisciplinar Músico - Rocker.

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Filosofia Helenística - A busca da felicidade interior - Epicurismo em foco.

O Período Helenístico inicia-se com a conquista macedônica  das cidades-Estado gregas (Alexandre "o grande", aluno de Aristóteles).   
           A produção filosófica deste período corresponde basicamente à continuação das ideias fundamentais e da forte influência da filosofia socrática. 
          As correntes filosóficas desse período surgem como tentativas de remediar os sofrimentos da condição humana individual: o epicurismo ensinando que o prazer é o sentido da vida; o estoicismo instruindo a suportar com a mesma firmeza de caráter os acontecimentos bons ou maus; o ceticismo de Pirro orientando a suspender os julgamentos sobre os fenômenos.     
           O helenismo é um período da história da filosofia que se caracteriza pela centralidade que atribui à ética, em meio a significativas teorizações sobre a natureza, em um momento de crescente desagregação da pólis grega. 
            Na questão central deste período certamente está a felicidade, cada corrente de pensamento dará resposta a possibilidade de sermos mais felizes com o poder de compreensão do lógos.
            Os estóicos, acreditando na ideia de um cosmo harmonioso governado por uma razão universal, afirmaram que virtuoso e feliz é o homem que vive de acordo com a natureza e a razão. Conforme a moral estóica, nossos juízos e paixões dependem de nós, e a importância das coisas provém da opinião que delas temos.
           A corrente que trata mais detidamente a questão da felicidade é conhecida como Epicurismo. Fundada por Epicuro (324-271 a.C). Este pensador saiu da cidade, pois esta era turbulenta, e adorava conviver com seus amigos, num jardim construído por ele.
          Epicuro propunha que o ser humano deve buscar o PRAZER pois, segundo ele, o prazer é o princípio e o fim de uma vida feliz.           
          Dividiu os prazeres em dois grandes grupos: O PRIMEIRO dos prazeres mais duradouros: a boa conversação com seus muitos amigos, contemplação das artes, audição da música, etc; O SEGUNDO seriam dos prazeres rápidos ou passageiros, como o de comprar, sempre movidos pelo impulso e que no final poderiam resultar em dor e sofrimento.
           Para a filosofia epicurista, três eixos possibilitam a felicidade: a amizade, a liberdade e a vida contemplativa.
           Os epicuristas buscavam a ATARAXIA, termo grego usado para designar o estado de ausência de dor, quietude, serenidade e imperturbabilidade da alma. 
            Epicuro identificou o medo da  morte como uma das principais fontes de todos os medos. Para combater este medo, desenvolveu  um argumento interessante: “Acostuma-te a ideia de que a morte para nós não é nada, visto que todo bem e todo mal residem nas sensações, e a morte é justamente a privação das sensações”, ainda complementa: “Quando estamos vivos, é a morte que não está presente; ao contrário, quando a morte está presente, nós é que não estamos”. EPICURO, Carta sobre a felicidade.
     Epicuro dizia que a presença de amigos para atingir a felicidade era fundamental, quem não tem amigos jamais será feliz. Colocou em prática esse fundamento e ainda dizia que jamais comia sem a companhia de uma pessoa amiga, fosse o contrário preferia nem comer, pois comer sozinho era coisa que nem as feras mais violentas, como os lobos, costumam fazer.

16 comentários:

  1. adoreiiiiii,amo filosofia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom pra você,mas acho que ninguém perguntou...

      Excluir
  2. Estou no ensino medio,e estou amando filosofia.É UMA MATERIA MUITO GOSTOSA.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns ANDRÉ pelo artigo.
    Texto bastante didático, sintético, belo formato, claro e rico de particularidades.
    Acrescentou muito para o meu Portifólio.
    Parabéns!
    Ana Marta R. e Silva

    ResponderExcluir
  4. muito obrigado parabéns pela estrutura deste site, é o melhor site de pesquisa que já conheci parabéns

    ResponderExcluir
  5. muito obrigado...me ajudou muito apareceu na hora certa!!!

    ResponderExcluir
  6. parabens ANDRE continui publicando artigos didaticos cmo esse q vc vai longe...adorei!!!

    ResponderExcluir
  7. Eu amo filosofia e a minha matéria favorita...!!!♥

    ResponderExcluir
  8. Obg... essa materia é muito idiota

    ResponderExcluir
  9. Interessante,porém confuso...

    ResponderExcluir
  10. Não está tão coerente,mais acho que pode ajudar,isso é realmente bastante interessante como foi falado,mais poderia ser mais obvio;mas da mesma forma vlw...

    ResponderExcluir
  11. Parabéns pelo o blogger.

    Grata pela as informações, um maravilhoso resumo.

    ResponderExcluir